Será que…”Bem ou mal o que interessa é que falem”?

Se considerarmos que uma marca – entenda-se o motor que agrega e conquista clientes, fãs e adeptos capazes de pagar mais para se servirem das propriedades intrínseca da identidade de uma insígnia – ora, essa mesma marca se for gerida para garantir uma identidade forte e coerente com os seus valores, se alguma vez se deparar com uma crise, será a forma como a ultrapassará que será o juiz da premissa: Bem ou mal o que interessa é que falem de nós!

Arriscamos que este mesmo principio de comunicação integrada e gestão de marcas esteja presente nos detentores da marca IKEA que, acabam por estar nas bocas do mundo com um anúncio que parou no Youtube e que ganhou a forma de bola de neve viral.

Se por uns instantes a abordagem do filme publicitário é estético e arrojado, quiçá, fora da caixa, os comentários de ódio que estão a surgir nas redes sociais levam-nos a pensar que este filme será uma pedra no caminho da sustentabilidade da marca.

Mas como uma marca não vive apenas do momento, concorrendo todas as várias facetas que a compõe como a identidade, relações, historia e cultura assim como o contexto, acreditamos que o IKEA – 28ª marca mais valiosa em 2012 segundo a Interbrand – ultrapassará mais esta polémica sem grande problema.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s