O homem que não soube sobreviver aos maus tempos…

O homem que não soube sobreviver aos maus tempos, não vai ver os bons.

Esta citação de textos judaicos ganha mais força nos dias que correm, levando as empresas portuguesas a refletirem sobre a mesma aplicando-a às suas práticas de gestão. Estarão os gestores portugueses aptos a superar as barreiras que o mercado nacional e globalizado está a impor atualmente?

Será que a globalidade das empresas portuguesas vão sobreviver para ver os bons tempos?

Superar os tempos díficeis

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s