Depois do dia do Pai, surge o Dia da Felicidade. Será que existe uma relação direta? Em termos de marketing, entenda-se!

Estás aqui para ser feliz

A ONU declarou 20 de Março como o Dia da Felicidade.

Embora se apresente como um conceito ambíguo, a felicidade, esta pode levar-nos precisamente até um mar azul de oportunidades. Se entendermos que todas as pessoas, pela sua essência, procuram o bem-estar; procuram a felicidade permanente (mais um conceito de difícil abordagem, a ideia de manter a felicidade diariamente e a longo prazo), apercebemo-nos de que o mercado está repleto de consumidores que procuram saciar a sua felicidade pela satisfação das suas motivações de auto-expressão no consumo. Teremos muitas oportunidades para regressar a este vasto tema, mas hoje, lembramos uma marca que se posiciona num domínio da felicidade, com uma comunicação integrada bem dirigida e projetada para essa ambição. Falamos da Coca-Cola!! (Sim, foi incontornável citar uma das marcas mais valiosas do mundo num dos posts iniciais do nosso blog, mas de facto – a Coca-cola – tem o título de Love Brand não é por acaso.)

Felicidade leva-nos ao negócio da Coca-cola, mais por via da sua comunicação, do que dos convívio que se promovem com um copo cheio deste elixir. Recordamo-nos dos spots de TV, ou mesmo das mais variadas empenas e Outdoors em que a marca apresenta o seu lado emocional ao propor-se como a chave para a felicidade. Esse território foi sendo ocupado na mente do consumidor de forma bem sucedida, levando a que hoje, surja de forma natural essa associação (propriedades que mais recentemente têm sido igualmente disputadas por outras marcas, como o IKEA).

Se para muitas marcas e empresas, a comunicação integrada termina no momento em que um novo produto ou serviço é lançado, ou ainda quando acaba o orçamento de marketing ou a direção e estratégia da atividade da empresa e negócio muda de direção, já na Coca-cola essa política é assumida como um pilar da estratégia central de gestão de marketing que constrói a imagem de marca para o futuro. E referimos isto, ao nos apercebermos que a Fábrica da Felicidade existe mesmo (como se fosse possível), e atualmente produz Coca-cola engarrafada (ou enlatada, entenda-se). Fica em Azeitão (Quinta da Salmoura – Cabanas) e está aberta para visitas de estudantes ou para qualquer curioso com visitas organizadas. Ao analisarmos esta boa prática em Portugal de comunicação integrada e capacidade de manter a organização fiel à estratégia de comunicação para além da vaga do plano de meio, permite-nos entender o nível de seriedade e esforço que a marca transpõe para a sua ambição de ser sinónimo de felicidade.

Porque o sucesso pode (deve) ser copiado e replicado, partilhamos esta ideia fora da caixa para este dia que se pretende que seja passado de sorriso de orelha a orelha!

Feliz dia da Felicidade são os votos desta caixa!

Anúncios

2 responses to “Depois do dia do Pai, surge o Dia da Felicidade. Será que existe uma relação direta? Em termos de marketing, entenda-se!

  1. Pingback: A bandeira escondida no logótipo da Coca-Cola? | Marketing fora da caixa·

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s